You are currently viewing 20 formas de economizar no dia a dia

20 formas de economizar no dia a dia

Está afim de fazer aquela viagem no final do ano? Economizar no dia a dia com coisas simples pode te ajudar!

Ainda mais, essa economia pode te ajudar a adquirir uma reserva de emergência para momentos inesperados, ajudar a quitar uma dívida ou adquirir um imóvel.

Quer saber mais? Nesse post traremos 20 formas simples para economizar no seu dia a dia.

Vamos lá?

De antemão, sabemos o quanto é difícil deixas as contas em dia, fazer as compras da casa e ainda guardar um dinheirinho na poupança.

Além disso, muitas pessoas não sabem por onde começar a poupar dinheiro.

Existem diversas formas de economizar, inclusive naquela conta de luz que aparentemente só aumenta.

É sabido que existem muitas vantagens em se poupar dinheiro – Pensando nisso, trouxemos um guia completo com dicas para te ajudar!

Bora saber mais?

Quais as 20 formas de economizar no seu dia a dia? Saiba mais!

  1. Defina metas de curto e longo prazo.

Primeiramente é importante que você tenha metas – elas ajudarão você a se manter motivado a economizar!

Pense, o que você gostaria de fazer daqui um ano? Comece com coisas pequenas – Conforme for atingindo seus objetivos, estará mais animado em continuar.

Além disso, organize suas prioridades – Tem uma dívida? Ela deverá ser paga o quanto antes – Faça dela sua meta.

Uma boa opção é a criação de uma planilha de gastos – Assim você não perderá suas anotações mensais e terá noção de quanto falta para atingir a meta.

Aqui neste post, recomendamos o Microsoft Excel.

  • Defina prazos para cumprir suas metas.

Sim, ter metas é importante para se manter motivado – Entretanto é necessário não procrastinar.

Já tem suas metas no papel? Chegou a hora de estabelecer prazos para cumpri-las.

Quanto precisará para alcança-las? É aí que entra o planejamento do tópico a seguir.

  • Anote tudo no papel – Quais são seus gastos?

Você sabe qual é seu gasto em média por mês? Anotar entradas e saídas trazem maior visibilidade financeira.

Antes de mais nada, é necessário priorizar as contas da casa: água, luz, telefone, internet ou condomínio – Esses são os gastos que você precisa pagar.

Em seguida, separar um valor para passar o mês – ou seja, com compras no mercado ou farmácia.

Ainda mais, do dinheiro restante, parte dele será poupado – Tente esquecer do valor, e o guarde.

Uma opção é guarda-lo em um cofrinho ou poupança – Por não ficar com o dinheiro sempre na carteira, é provável que você esqueça que tem ele disponível para suas compras.

  • Mude seus hábitos diários em casa

Sabia que mudar coisas simples no seu dia a dia o ajudará na economia? Estamos tão acostumados com as contas da casa que esquecemos que o valor poderia ser mais baixo.

Gostou da ideia? Primeiramente você deverá mudar seus hábitos!

Algumas dicas básicas podem ajuda-lo a diminuir o valor da conta de luz: experimente diminuir seu tempo no banho, ou desligue o chuveiro ao lavar o cabelo.

Ainda mais, apague as luzes sempre que não estiver no ambiente, diminua o uso de eletrônicos na tomada e muito mais!

Não sabe como diminuir a conta de água? Busque fechar a torneira em intervalos quando for lavar a louça ou escovar os dentes.

Por fim, corte gastos desnecessários como tv a cabo, plano exorbitante de celular e gasolina no carro.

Aos poucos você verá a diferença!

  • Aposte em uma lista de compras.

À primeira vista, achamos que fazer lista de compras pode ser uma bobagem – Entretanto, isso também pode ser útil se você está querendo cortar gastos.

Criar uma lista de compras também é um hábito que você precisa adquirir – Visto que assim, você irá direto atrás do que precisa no mercado.

Isso ajuda a manter as prioridades e não cair na tentação de pegar supérfluos enquanto procura o que comprar.

Além disso, busque investir em uma saída só para compra mensal.

Pense em cardápios semanais.

  • Evite comer fora.

Quem não gosta de dar uma saidinha no fim de semana e comer em um restaurante, passando o tempo com os amigos?

Contudo, os gastos são muito maiores do que fazer sua própria comida em casa.

Aproveite a lista de compras do tópico anterior para essas situações – Prepare algo especial para o fim de semana com consciência.

  • Quer ver seus amigos? Troque o barzinho do fim de semana por uma reunião em casa.

Como abordamos no tópico anterior, restaurantes e até mesmo barzinhos acabam trazendo gastos altos – Apesar de ser uma boa pedida para o fim de semana.

Aposte em almoços, jogos e naquela cervejinha.

Se divirta gastando pouco.

  • Compare preços antes de sair comprando.

Essa dica é fundamental – Sabia que é possível comprar um produto muito mais barato em alguns lugares?

No caso de compras online, você pode estar comparando preços em diversas lojas, como a

  • Aproveite os preços de feiras ou sacolões.

A princípio, por ser um local próprio para a venda de frutas, legumes e verduras – seus preços acabam sendo mais em conta.

Quem nunca ouviu falar da “feira de domingo”? É muito comum encontra-las próximos a sua casa e com um preço muito mais acessível, se comparado ao mercado.

De maneira geral, os preços tendem a diminuir com o tempo de funcionamento – Ou seja, se a feira começa as 7 horas, as 12 horas é possível encontrar ainda mais promoções – Porém, a condição dos produtos pode não ser a mesma do início.

Ainda mais, sacolões podem ser uma boa pedida para quem quer economizar.

Separe um dia da semana para visita-los – Contudo, não se esqueça da listinha, ok?

  1. Por que não deixa o carro um pouquinho em casa?

Você sabia que deixar o carro em casa pode ajudar a diminuir os gastos com gasolina e entre outros?

Faça o teste por um mês e compare – saindo todos os dias para trabalhar com transporte público.

Pode ser que o tempo aumente um pouquinho para chegar ao lugar, porém, os gastos também tendem a ser menores no final do mês.

Além disso, você tem a opção de fazer caminhada ou andar de bicicleta para se locomover até uma loja ou mercado – Que trará benefícios financeiros e para a sua saúde.

  1. Vai sair? Leve um lanche de casa.

A principio você sai com o intuito de não demorar, porém, no caminho deu “aquela fome” – Com isso você acabará gastando por impulso.

Sendo assim, esteja prevenido e inclua lanches na sua listinha de compras do mercado.

Aproveite para variar o cardápio com o seu gosto.

  1. Crie hábito de pagar suas contas antecipadamente.

De antemão, sabemos a importância de manter as contas em dia – Sendo assim, elas deverão ser sua prioridade a cada mês.

Pagando suas contas antecipadamente você terá total consciência do valor restante para passar o mês.

Além disso, você evitará imprevistos, como esquecimento, ou falta de dinheiro.

Se você está querendo poupar dinheiro, é interessante fugir dos juros, certo? Esteja atento.

  1. Quite suas dívidas.

Possui dívidas pendentes? Primeiramente você precisará quitar suas pendencias.

Torne esse pagamento sua primeira meta e estabeleça um prazo para isso – Pontue quanto precisará juntar para quita-la.

Se possui mais de uma dívida, priorize a com juros maiores – Quanto maior o tempo da dívida, pior.

Além disso, busque uma renegociação da dívida – Com isso você pode obter uma redução no percentual da dívida.

Não deixe virar uma bola de neve.

  1. Fuja de novas dívidas.

Toda pessoa que busca economizar, precisa fugir de novas dívidas.

Contudo, sabemos que nem sempre temos condições de pagar tudo à vista – Sendo assim, diminua parcelas o máximo possível.

E, se tiver condições, nunca deixe de pagar à vista – Isso trará a oportunidade de negociar valores e com isso a economia é muito maior.

  1. Converse sobre os seus planos com as pessoas da sua casa.

Coloque sua família a par da situação – Ou seja, fale sobre suas metas e intenções de economias.

Com todos cientes, eles poderão colaborar e a economia na casa será maior.

Imagina que legal seria uma viagem em família no final do ano? O primeiro passo é economizar.

Entretanto, sabemos que mesmo economizando em casa, existem gastos – Sendo assim, trouxemos algumas dicas no tópico abaixo para te ajudar a adquirir uma renda extra.

  1. Encontre uma renda extra.

As economias do dia a dia não estão sendo o suficiente para atingir sua meta? Busque uma fonte de renda extra.

Existem diversos trabalho que você pode realizar com coisas simples! Quer saber mais?

Dê uma olhadinha no guarda-roupa – Fale para todos da casa fazerem o mesmo!

Com certeza encontrarão roupas que por algum motivo foram esquecidas – Aproveite a oportunidade e venda!

Você poderá investir em um bazar de roupas, acessórios e até objetos sem uso na sua casa – Além disso, existem opções de vendas online como o Mercado Livre, OLX e Enjoei.

Ainda mais, sabe aquela vizinha que tem cachorrinhos? Uma boa opção é se oferecer para passear com os bichinhos em troca de um valor – Além de divertido, trará retorno para sua economia.

Além disso, existem diversas outras opções de artesanatos, aulas online, vender doces ou até mesmo cuidar de crianças.

Encontre a opção que mais lhe agradar e invista!

  1. Na dúvida, faça você mesmo!

Quer pintar sua casa? Uma roupa rasgou? Chuveiro queimou? Esses são alguns problemas comuns que podem acontecer no dia a dia – porém, você mesmo pode resolver.

Busque aprender coisas novas, como o básico de costura – Ao solicitar o serviço de alguém, você pagará não somente pela ajuda, como pelo tempo e ferramenta, se necessário.

Contudo, lembre-se que seu intuito é economizar – portanto, se souber, faça você mesmo!

Além de servir de aprendizado, isso pode ser uma experiencia interessante e você pode até gostar.

  1. Evite o cartão de crédito e pague a vista.

De antemão, sabemos que o cartão de crédito pode ser um perigo na mão de pessoas impulsivas – Gastar além da conta pode te trazer uma fatura que você não conseguirá pagar.

Apesar da facilidade das parcelas, você tem a falsa impressão que está pagando um valor baixo e tende a gastar mais e mais com isso.

Contudo, usando somente dinheiro, você tem total visibilidade de seus gastos – o que te permite um maior controle financeiro.

Por fim, como abordamos em tópicos anteriores, essa não é a única vantagem do pagamento em dinheiro.

Negociar suas compras a vista é muito mais fácil – Sendo assim, além do controle financeiro, você acaba economizando.

  1. Invista!

Suas economias podem render um valor extra se forem aplicadas.

Nós citamos anteriormente a conta poupança, entretanto existem muitas outras opções.

Pensando nisso, te trouxemos algumas opções abaixo:

  • Tesouro direto;
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA);
  • Certificado de Depósito Bancário (CDB).

De maneira geral, muitas pessoas optam pela conta poupança pela segurança.

Contudo, se você é um investidor iniciante, é necessário pesquisar e comparar todas as opções antes de fazer qualquer negócio.

  • Aproveite um tempinho em casa.

Por fim, o último tópico! No decorrer desse post trouxemos algumas dicas para te ajudar a economizar no dia a dia e esse tópico não é diferente.

Aproveitar um tempo em casa em sua própria companhia ou na companhia de sua família também pode ser algo bom – e é claro, reduzirá gastos desnecessários.

Planeje um fim de semana para assistir filmes com uma pipoquinha – Aproveite para descansar da semana exaustiva de trabalho.

Além disso, tire um tempo para cuidar de você.

Lembre-se que quando conseguir atingir suas metas, todas as economias feitas valerão a pena.

Esperamos que tenha gostado das dicas, caro leitor. Conta pra gente nos comentários!

Me siga no Instagram: @carteiramilionariaoficial

Deixe um comentário

16 + seis =